Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Musicart

Dicas: música e arte para os dias de isolamento

20200316_091703_0000.png


De todos os lados tem chegado o mesmo apelo: #StayAtHome, #StayTheFuckHome, #StayInHouse ou #FicaEmCasa. Estas são algumas das campanhas que têm pedido às pessoas para se manterem em casa e em isolamento, com o objectivo de reduzir as probabilidades de contacto entre as pessoas e de o vírus se propagar.

Nas próximas semanas vamos ter de substituir hábitos da nossa vida - como ir às compras, beber um copo com os amigos, passear ou jantar fora - por coisas para fazer em casa. Por isso, todas as sugestões são bem-vindas!

Diz-se que é nestas alturas que surgem as ideias mais criativas e em poucos dias já tivemos uma manifestação de agradecimento a médicos e enfermeiros com aplausos à janela, DJ's e Discotecas a darem festas através de live streaming, além de uma série de listas com ideias para ajudar a superar mentalmente os próximos tempos.

Para ajudar a passar estes dias de isolamento social, deixamos também uma lista com algumas sugestões (estas, particularmente ligadas à música e arte), que podem fazer a partir de casa.

 

20200316_091703_0001.png

1. Lê um livro sobre Street Art
Existem vários livros que nos falam sobre Street Art em vários países (inclusive, Portugal) ou sobre artistas (como Vhils ou Banksy). A FNAC, através da sua loja online ou do Marketplace, pode fazê-los chegar à vossa casa.

Algumas recomendações de livros, com respectivo link para compra (ao clicar):
- Vhils
- Entropy, Vhils 
- Where's Banksy?
- Planeta Banksy
- Street Art Lisbon 2
- Street Art: Guia de Grandes Artistas Portugueses
- Street Art Norway, Vol. II
- Street Art
- Street Art World


A Circus Network, no Porto, também tem livros como o One Week With 1Up ou o Subway Art Softcover, e apesar de neste momento se encontrar fechada, aceitam encomendas com dia e hora a combinar (de Segunda a Sexta, entre as 14H00 e as 18H00), mas recomenda: façam-nos em segurança!

 

20200316_091703_0002.png

2. Volta a ouvir um álbum que já não ouves há muito tempo
Porque não aproveitar para voltar a ouvir esse álbum dos Da Weasel ou dos Mind da Gap que tens na gaveta há mais de uma década? E esse gira discos, ainda funciona?

Se não tiveres nada em formato físico, não faz mal. Liga o Spotify e aproveita estas ideias de álbuns portugueses que valem sempre a pena ser recordados:
- Sam The Kid - Practicamente
- Da Weasel - Podes fugir mas não te podes esconder
- Regula - Tira Teimas
- Cool Hipnoise - Missão Groove
- Mind da Gap - Sem Cerimónias
- Valete - Serviço Público
- Blackout - Melodia da Noite
- Gutto - Private Show
- Dealema - Dealema

 

20200316_091703_0003.png

3. Aproveita para aprender alguma coisa de novo

E porque não melhorar essas skills de fotografia ou aprender a ser DJ, para brilhar nas próxima festas com os amigos?

- Fotografia: a série de livros de Henry Caroll ensina a tirar fotos incríveis de gente ou lugares, a ter sucesso no Instagram ou a olhar, pensar e tirar fotos como os mestres (clicar por cima dos links para os respectivos livros). Fáceis de ler e de comprar, com entrega em casa.

- DJ: existem apps e softwares para download (como o Virtual DJ ou o Traktor) que te permitem, através de um computador, pores em práctica os inúmeros tutoriais que existem espalhados pelo YouTube.

 

20200316_091703_0004.png

4. Visita um Museu Virtual
A Google Arte e Cultura decidiu unir-se a mais de 500 Museus e oferecer visitas virtuais. A entrada fica à distância de um clique, sem filas, sem confusões e sem riscos. Basta acederes a este link.
Entre os Museus, dispostos por popularidade ou ordem alfabética, podes encontrar o MOMA ou mesmo a GAU - Galeria de Arte Urbana e Mistaker Maker.

 

20200316_091703_0005.png

5. Vê uma série ou documentário na Netflix

Se ainda não tens Netflix, podes aproveitar os 30 dias grátis. Se já tens, já deves estar familiarizado com a plataforma e com a oferta disponível.

Entre a vasta biblioteca, temos algumas sugestões de filmes, séries ou documentários para veres nos próximos dias:
- The Get Down
- Hip Hop Evolution
- Unsolved
- Rapture
- Abstract
- Uma questão de criatividade
- Fresh Dressed

 

20200316_091703_0006.png

6. Ouve um podcast
Nos últimos anos, os podcasts tornaram-se uma tendência e Portugal não quis ficar atrás do que se faz lá fora.
Até tenho amigos que são surgiu por volta das 2015 e conta com 225 episódios - Wasted Rita, Amaura, Cachupa Psicadélica, Riot, J-K, Eva Rapdiva ou Oseias, foram alguns dos nomes que estiveram à conversa com Rodrigo Nogueira.

- Recentemente, José Mariño - conhecido como o "padrinho" do Hip Hop em Portugal - pegou na vasto arquivo de Rádio que coleccionou ao longo dos anos e usou-o como mote para chamar Sam The Kid, Valete, Boss Ac, Capicua, entre outros, ao microfone da Antena 1 para falar sobre eles e sobre a evolução desta cultura em Portugal. A Teoria da Evolução pode ser também acompanhada em formato podcast.
- Como terceira e última sugestão, Na Margem. Um programa da Antena 3 que põe Carlão à conversa com várias personalidades, da música ao desporto, como Vhils, Sara Tavares ou Chullage.

 

Mantenham-se em casa e cuidem-se!
Se precisarem de mais alguma dica ou sugestão, não hesitem em contactar por e-mail ou por mensagem no Facebook. 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.