Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Musicart

#CurtasMusicart: Lara Seixo Rodrigues - Muraliza

13256262_516323938568564_1762867020687288824_n.png


Pelo 3ª ano consecutivo, o MURALIZA vai dar uma nova vida às paredes de Cascais.
O festival de arte urbana, que já se configurou como um ponto de interesse turistico e cultural do concelho e da vila, começou hoje e dura até ao próximo dia 5 de Julho.

Nesta edição, a acção foca-se no Bairro da Torre. Os artistas estão encarregues de transformar murais de média e grande dimensão, inspirados pelas inúmeras e únicas características da região, aliadas às pecularidades do bairro, construído na década de 60.
Durante os nove dias do evento, o público em geral é convidado a acompanhar a par e passo todo o processo e desenvolvimento dos trabalhos de Paula Bonet (Espanha), Moneyless (Itália), Daniel Eime, Kruella d'Enfer, Mar e Add Fuel (Portugal).

1.png2.png3.png

4.png5.png6.png

 

De forma a criar uma proximidade entre a comunidade local e as práticas / técnicas artísticas usadas na construção das peças, nesta 3ª edição, o MURALIZA propõe um workshop de lettering (gratuito), a cargo do colectivo Halfstudio.

Para os últimos dias do evento, estão programadas uma série se visitas guiadas (em português, inglês e espanhol), durante as quais se permite a compreensão profunda das peças resultantes das edições anteriores e em execução e tudo sobre os percursos dos artistas presentes.

Motivos mais do que suficientes para visitar Cascais nos próximos dias.

anamorais_laraseixorodrigues_2.png
(Fotografia: p3)


Para nos responder a três perguntas sobre este MURALIZA, Lara Seixo Rodrigues, envolvida na produção deste e de outros projectos de arte urbana como o WOOL ou a Lata 65.
É com ela esta #CurtasMusicart.


Sentes que o Festival já faz parte da cidade de Cascais? Qual é o feedback dos habitantes? 
Os sorrisos e as palavras que nos vão deixando é sempre o melhor medidor de satisfação sobre o projecto e nos 2 anos anteriores tem sido muito positivo. Esta edição, na procura de paredes, fomos percebendo que já muita gente conhece e aprecia as intervenções que já existem, o que nos dá indicação de que o Muraliza já faz parte dos dia a dia de Cascais. 

Quais são as novidades para esta edição?
Diria que a grande novidade é o local que escolhemos para nos acolher, o Bairro da Torre. Todas as actividades se concentram ali. Daremos cor a este bairro e trabalharemos lado a lado com a população local.

É um projecto para continuar?
Trabalhamos sempre para que isso aconteça! :)


Um agradecimento à Lara Seixo Rodrigues por esta curta entrevista.