Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Musicart

A História do Hip Hop Tuga cantada por quem a escreveu

53355762_2419723404918319_3040647501934755840_n.jp

Dava para imaginar que em 2019 ia ser possível voltar a ouvir ao vivo a "Black Magic Woman" de General D ou a "Não sabe nadar" dos Black Company? E que íamos poder ver Sam The KidBoss AC - OficialDealema, Mind da Gap (representados por Ace e Presto), Micro, XEG e Chullage a pisarem o mesmo palco? A verdade é que tudo isto aconteceu e com 12 mil pessoas a testemunhar.
Por ordem cronológica, a História do Hip Hop foi contada (ou melhor, cantada) pelos próprios intervenientes, até chegar à geração que tem a responsabilidade de continuar a escrevê-la. E a julgar pelas actuações de Phoenix R.D.CDeauGROGNationDillaz e Bispo, a qualidade dos próximos capítulos está garantida.

54132946_2419723478251645_4208530340433625088_n.jp54436363_2419723434918316_5812651027207290880_n.jp

Para lá das ausências de Regula, Valete e Slow J e das poucas mulheres em palco (Capicua ainda fez por compensar), a noite de sexta-feira fica marcada como uma das mais importantes para o Hip Hop português. Responsabilidade da FADED, que conseguiu produzir um evento desta dimensão, com 4H de música, quase sem falhas.
E sim, todos sentimos a falta dos "Brilhantes Diamantes".