Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Musicart

"From the World, made in Lisboa", na Underdogs

58443099_2449680048589321_4672641869329465344_o.jp

Este "medley" de trabalhos está na Underdogs10 e pode ser visto até 18 de Maio.
"From the world, made in Lisboa" é o nome da exposição que junta alguns dos nomes maiores que passaram pela Galeria desde 2013. Vale a pena a visita.

 

58378868_2449679915256001_6768667475501383680_o.jp

 

58419496_2449679985255994_7816873077521776640_o.jp

 

58442317_2449679811922678_8081587013079269376_o.jp

 

58442320_2449679848589341_5801136864131809280_o.jp

 

58542906_2449679785256014_3469629359445245952_o.jp

 

58680926_2449680008589325_8706727306967646208_o.jp

 

58905968_2449679955255997_7457927276022202368_o.jp

 

59106120_2449679888589337_4011279182771257344_o.jp

 

As novidades de Chong Kwong, Nenny e Russa

A falta de mulheres no Hip Hop português é um tema recorrente e o cartaz da História do Hip Hop Tuga trouxe o assunto outra vez para cima da mesa. Não só porque há poucos nomes, mas também porque (os que há) têm sido pouco valorizados. Facto inegável. Mas para tentar contrariar esta tendência, o último mês trouxe três boas novidades: o novo álbum da RUSSA, o aparecimento da Nenny e o regresso da Chong Kwong que, depois dos La Dupla, surge agora em nome individual.

Novo álbum de RUSSA: Party Leftlovers

 

Street Art nos Açores

56899685_2438887253001934_1220295591427309568_o.jp

A Street Art tem ganho expressão nos Açores e começa a fazer parte do roteiro daqueles que, para além da inconfundível beleza natural, fazem questão de visitar as intervenções que têm surgido na região.
Parte da culpa é do Festival Walk&Talk, que acontece desde 2011 e que este ano regressa entre 5 e 20 de Julho.

Pela lente do João Maria Pingo, ficam alguns dos trabalhos pelos quais se foi cruzando.

56631957_2438887449668581_4907141882485669888_o.jp56661917_2438887483001911_2320892922511228928_o.jp

56666765_2438887289668597_8377171726156431360_o.jp56734894_2438887316335261_1924073188862459904_o.jp

56915803_2438887353001924_3177784381766893568_o.jp56938285_2438887383001921_6344959678916591616_o.jp

57191802_2438887416335251_6265873023006408704_o.jp

 

 

"Beats, Vol.1: Amor" no Spotify!

Tem 17 anos mas parece que foi lançado hoje. E não é só porque o tempo passa a correr. É porque estes 16 instrumentais davam origem a um álbum com uma qualidade acima da média, mesmo que fossem lançados em 2019.
Não é por acaso que a edição física é uma das mais procuradas e com maior "valor de mercado". Esta foi a primeira grande obra-de-arte de Sam The Kid!

E enquanto os "zunzuns" da reedição não se confirmam, a boa notícia é que (finalmente!) já podemos ouvi-lo no Spotify. 

Beats Vol1 - Amor.JPG
(clicar na imagem)