Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Musicart

Wasted Rita: sad, but not really

IMG_1133.JPG


Depois de "The People, The Living Dying and All The Sarcasm Fun in Between" ter passado pela cidade do Porto há pouco menos de um ano, Wasted Rita desceu até Lisboa com "As Happy As Sad Can Be". Ou melhor, "As Happy As OK Can Be". A reformulação do nome surge num dos trabalhos expostos na galeria Underdogs, já que "sad" não era bem o mood, conforme indicou em entrevista ao DN.

IMG_1123.JPGIMG_1124.JPG

 

Nesta exposição, Wasted Rita mantém-se fiel ao que têm sido os seus trabalhos. Palavras fortes, sarcásticas, sem filtros, sustentadas pelos mais variados suportes e formatos para que possam ser evidenciadas.

Em "As Happy As Sad Can Be", os quadros e instalações dividem-se por vários ambientes. Desde um quarto em tons de amarelo dedicado ao feminismo, a uma divisão preenchida com papel de parede às flores e um sofá vermelho, que parece ser perfeito para uma consulta de psicologia. Há ainda um espaço dedicado à Internet e uma obsessão com comida patente em mais do que um local.

IMG_1138.JPGIMG_1142.JPG

IMG_1126.JPGIMG_1128.JPG

 

Além dos contrastes, das cores fortes e dos neons luminosos, salta à vista a criatividade dos objectos. A mensagem e a visão que Wasted Rita tem do Mundo e daquilo que a rodeia, é passada através de chávenas e um bule, de latas de bebida e uma caixa de Pizza, de um letreiro de Cinema, peças de roupa, cartas, desenhos, quadros e até mesmo de uma máquina, onde por 50 cêntimos podemos apanhar um objecto e comprá-lo por 50€, 75€ou 100€.

IMG_1134.JPGIMG_1146.JPG

 

Até ao dia 18 deste mês, na Underdogs, ainda é possível dar uma vista de olhos nestes e noutros trabalhos.
Fica a sugestão para os próximos fins-de-semana.